Clique aqui e veja as últimas notícias!

PEC DA VINGANÇA

Sete deputados federais do MS aderem a movimentação do Ministério Público contra PEC da Vingança

Proposta de Emenda Constitucional enfraquece a autonomia do Ministério Público, entre outros pontos
13/10/2021 17:45 - Graziella Almeida


Sete deputados federais de MS aderiram à movimentação promovida pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul se mostrando contrários a Proposta de Emenda a Constituição que propõe alteração de regras e enfraquece a autonomia do Ministério Público. 

Dagoberto Nogueira (PDT) foi o único representante da bancada do Estado que compareceu no ato público, realizada na tarde de quarta-feira (13), em Campo Grande.  

Além do parlamentar, o vereador Alírio Vilassanti (PSL) esteve presente, o procurador-geral de Justiça Alexandre Magno, o secretário-geral da Associação dos Membros do Ministério Público, Romão Ávila, entre outras autoridades públicas do poder judiciário de MS.

Conforme Dagoberto, na mesma tarde em que o Ministério Público de outros estados brasileiros convidavam a população para a reunião, Arthur Lira (PP) reuniu-se com a bancada a favor da PEC e faziam contagem de votos para aprovação. 

“Ele mesmo retirou a pauta, o Lira [PP] é complicado de lidar e não há nada que faça ele mudar de ideia quando ele quer aprovar algo. Quase apanhei na reunião de líderes, quando ele citou querer colocar a matéria em votação no plenário mesmo sem ter passado pela Comissão Especial”, ressaltou.  

O parlamentar também citou alguns pontos favoráveis na PEC e como a imprensa tem ajudado a levantar a causa, mas que era necessário os órgãos reverem sua atuação em meio político.

Últimas notícias