Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORUMBÁ

Após dois dias, outdoor contra Bolsonaro é derrubado e sindicato denuncia à polícia

Painéis criticam a atuação do presidente no combate da pandemia do novo coronavírus
16/08/2020 15:03 - Da Redação


Menos de um dia depois de ser instalado, um dos outdoors criticando o presidente da República, Jair Bolsonaro, foi derrubado em Corumbá, cidade no oeste de Mato Grosso do Sul.

Pelo menos três foram colocados a pedido do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) na quinta-feira (14). Um deles amanheceu derrubado no sábado (15).

O Sinasefe registrou boletim de ocorrência contra o ato, segundo o jornal Diário Corumbaense. Os outdoors integram campanha nacional contra o presidente, no combate à pandemia de Covid-19.

“Na madrugada de sábado, fui informado que grupo de pessoas, vestindo roupas escuras e usando touca tipo ninja, serraram as bases das placas e as destruíram”, disse o representante do Sinasefe no Estado, Thiago Thomaz Assis.

“Isso foi uma resposta dos apoiadores do presidente, um comportamento de vândalos que não aceitam a democracia. Repudiamos veementemente esse desrespeito, ódio e intolerância”, finalizou o dirigente.

Bolsonaro tem compromisso oficial em Mato Grosso do Sul a partir de terça-feira (18). Ele tem agenda em Corumbá, e a permanência do chefe do Executivo pode se estender em passagens por Nioaque e Campo Grande.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido