Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

DÍVIDAS

Associação Comercial cadastra empresas para participar da campanha "Nome Limpo"

Clientes poderão negociar dividas através campanha a partir do dia 20 de novembro
20/10/2020 11:16 - Gabrielle Tavares


A Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) vai cadastrar, até o dia 30 de outubro, empresas interessadas em participar da 15ª edição da campanha de recuperação de crédito Nome Limpo.

O período de negociação vai ocorrer entre 9 de novembro e 11 de dezembro, não será cobrado taxa de inscrição das empresas.

As instituições privadas que se cadastrarem na campanha deverão oferecer condições especiais para seus clientes inadimplentes pagarem suas dívidas.

O cadastro pode ser feito na sede da Associação Comercial, localizada na Rua 15 de Novembro, 390, Centro, ou pelos telefones (67) 3312-5063 e 99660-5033.  

A partir das informações fornecidas pelas empresas participantes, a ACICG vai entrar em contato com os inadimplentes através de e-mail, telefone, SMS e até por carta.  

De acordo com a Associação, um conciliador capacitado pelo Tribunal de Justiça (TJMS), vai auxiliar nas negociações.

Neste ano, conciliadores vão conduzir audiências por videoconferência. Para os representantes das empresas credoras será opcional a participação de forma on-line.  

Já os clientes interessados em negociar as dívidas deverão se dirigir até a Associação Comercial, com horário agendado.  

"Os consumidores deverão seguir as recomendações de segurança que serão instruídas durante o agendamento. Estamos vivendo um ano atípico, mas precisamos continuar apoiando a retomada da economia”, declarou a gerente de negócios da entidade, Letícia Ribeiro.

Nome Limpo

A campanha já recuperou mais de R$300 milhões para as empresas participantes ao longo das 15 edições.

De acordo com Ribeiro, as negociações possibilitam às empresas o recebimento e regularização dos créditos perdidos, a reativação de clientes antigos e, ainda, contribui para o aquecimento do mercado para as compras de Natal.

"Esses fatores somados ao desejo das pessoas de regularizarem sua situação financeira, e à liberação do 13º salário gera excelentes resultados fazendo com o que o dinheiro volte a circular na economia local", finalizou.

 
 

Felpuda


Tropas de choque ligadas a alguns vereadores estão agitadas que só nas redes sociais na tentativa de desbancar a concorrência das “chefias” que querem porque querem. Querem a cadeira maior da Câmara Municipal de Campo Grande. A da presidência.

Segundo políticos mais antenados, trata-se do “segundo turno” das eleições do dia 15 de novembro, só que com apenas 29 eleitores.