Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Queremos que o Congresso aprove o fim do foro privilegiado”

Oriovisto Guimarães (Pode-PR), que também exigiu lei para a prisão em 2ª instância
07/07/2020 08:35 - Cláudio Humberto


“Queremos que o Congresso aprove o fim do foro privilegiado”
Sen. Oriovisto Guimarães (Pode-PR), que também exigiu lei para a prisão em 2ª instância

Bolsonaro faz o que pregava: toma cloroquina
Diante dos primeiros sinais de que poderia ter contraído coronavírus, nesta segunda-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro passou a tomar imediatamente o remédio cloroquina, como sempre defendeu. Ele iniciou a medicação antes de o primeiro exame apresentar resultado positivo. Os médicos da Presidência da República resolveram levar Bolsonaro ao Hospital das Forças Armadas (HFA) tão logo verificaram os sintomas.

Temperatura alertou
O serviço médico do Planalto aferiu a temperatura do Bolsonaro e, constatados 38 graus, ele foi levado ao HFA.

Nome fictício
Como nos exames anteriores, Bolsonaro utilizou nome fictício como identificação, muito embora dados como RG fossem verdadeiros.  

Pulmão normal
De volta ao Alvorada, o presidente disse a apoiadores que estava bem e que a “chapa” do pulmão deu normal: oxigenação de 96%.

Grupo de risco
Apesar do estado geral satisfatório do presidente, ele precisa se cuidar: aos 65 anos, como idoso, faz parte do grupo de risco.

Governo prevê crise de 2020 menor que o esperado  
O Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, admitiu ontem dificuldades das previsões econômicas diante da pandemia do novo coronavírus e dos “custos de várias cidades, vários estados, parados”. No entanto, ele aposta que a crise brasileira em 2020 será menor do que previam analistas catastróficos, que apontam até para -9% e que a redução da economia será de 4,7% a 6,5% este ano.

Todas as condições
Sachsida define o impacto do covid-19 como uma “quebra estrutural na economia”, mas garante que o país tem condições de se recuperar.

Reformar para sobreviver
Para o secretário do governo Bolsonaro, os próximos anos serão marcados na História, como “os anos das reformas”

O Norte
“O importante é sabermos o Norte”, explicou Sachsida à Rádio Bandeirantes, e atribui ao presidente Bolsonaro essa responsabilidade.

Processo absurdo
O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) julgará nesta terça (7) um processo absurdo contra o procurador Deltan Dallagnol: ele é acusado de usar uma ferramenta chamada Power Point para demonstrar, didaticamente, as ladroagens de Lula e seus cúmplices.  

Todo cuidado é pouco
O CNMP, aliás, transmitirá nesta terça, em “live”, o julgamento de 44 processos envolvendo seus membros na pauta. Como será pelo YouTube, é bom não ter trilha sonora: o Ecad não perdoa.

Maioria é ‘plantação’
Há quem de fato é levado em conta pelo presidente Jair Bolsonaro para escolha do futuro ministro da Educação. Mas há vários espertalhões que “plantam” entre jornalistas que foram “sondados” só para se valorizarem.  

Saúde vai bem
A notícia de que o deputado Guilherme Mussi (PP-SP) é antipatizado na vizinhança pelas festas que promove, até na pandemia, causou espécie na Câmara, habituada às suas frequentes licenças médicas.  

Processa, Gaúcho
Artistas metidos a besta, na Europa, falam mal do Brasil por esporte. Em “Instinto”, filme holandês ruinzinho da diretora Halina Reijjn, o vilão é um estuprador que gosta de futebol. Mas sua camisa não leva nome de um craque holandês, ou haveria processo, e sim de Ronaldinho Gaúcho.

Pandemia é isso
O deputado Alexandre Frota (PSL-SP), ex-ator, apresentou proposta para permitir “showmícios” nas eleições de 2020, pela internet; apresentação artísticas de cantores etc., pagas por candidatos.

Imóveis resistentes ao vírus
O Índice FipeZap, que acompanha o preço médio de venda de imóveis residenciais em 50 cidades, apresentou alta em junho em São Paulo, Brasília, Manaus, Maceió etc. No ano, já acumula alta de 1,11%.

De olho na malandragem
Com o adiamento das eleições, já há uma consulta ao TSE sobre uma malandragem. Com a alteração, quem estava com ficha suja até 4 de outubro poderá concorrer? A decisão será do ministro Edson Fachin.

Pensando bem...
...quem diria que seria tão difícil substituir Abraham Weintraub.

PODER SEM PUDOR

O animal e o periscópio
A polícia política de Felinto Muller, na ditadura Vargas, prendeu um suspeito de militar no Partido Comunista. Levado aos porões do Dops, foi submetido a uma medonha sessão de tortura por um delegado. Horas depois, chegou Luís Glayssman, do serviço secreto: “Não adianta resistir: diga onde está o mimeógrafo.” O homem entregou: “Ah, o mimeógrafo? Está enterrado lá no fundo do quintal...” Glayssman gritou: “Por que não falou antes?!” Ele explicou: “É que esse animal passou o tempo todo perguntando onde estava o ‘periscópio’!”

 
 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

 www.diariodopoder.com.br

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!