Clique aqui e veja as últimas notícias!

HORA EXTRA

Covid-19: Servidores da prefeitura vão poder fazer plantão no Hospital Regional

A decisão se mantém enquanto durar o estado de emergência pela doença
26/11/2020 18:56 - Brenda Machado


A partir desta quinta-feira (26), servidores públicos municipais da área da Saúde estão autorizados a fazer plantões eventuais para atuar no combate direto a Covid-19.

A decisão foi publicada em edição extra do diário oficial do Município (Diogrande), de hoje, e fica valendo enquanto durar a situação de emergência sanitária, no município de Campo Grande, prevista no decreto do dia 18 de março de 2020.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

Os servidores da secretaria municipal de Saúde liberados para os plantões são os que ocupam os cargos de Auxiliar de Enfermagem, Enfermeiro, Médico e Técnico de Enfermagem.

Estão autorizados até 21 plantões de 12 horas para cada um dos respectivos colaboradores. Antes este limite era de 14. 

Conforme o texto da publicação, a liberação é para que os servidores atuem em instituições que estão lidando diretamente com o enfrentamento ao vírus, como é o caso do Hospital Regional (HRMS).

Para tanto, será necessário que a unidade de saúde em questão formalize o pedido junto à Sesau, por meio de um Convênio ou Termo de Cooperação Mútua, ou ainda por qualquer outro instrumento que apresente um Plano de Trabalho.

O documento deve justificar o motivo pelo qual a instituição necessita de plantonistas adicionais, bem como informar a situação atual da unidade.

 
 

De acordo com a Prefeitura, a tomada de decisão tem em vista o agravamento do cenário epidemiológico até nacional, com o aumento nos índices de contaminação da Covid-19.

Por este mesmo motivo, e também por problemas recorrentes com as escalas de plantões da Saúde, se fez necessário adotar uma medida jurídica especial para atender às necessidades temporárias da população.

Boletim epidemiológico

Dados divulgados pela secretaria estadual de Saúde (SES), apontam que, nas últimas 24 horas, dos 541 novos casos registrados em Mato Grosso do Sul, 275 são de Campo Grande, e, das 6 mortes confirmadas, 5 também são da Capital.

Com isto, a cidade totaliza 43.326 casos confirmados e 758 mortes, desde o início da pandemia no estado, em março.

Até agora, Mato Grosso do Sul, contabiliza 95.193 infectados, sendo que 8.468 correspondem a casos ativos.

O número de internações está em 390 internados e, ao todo, o estado registrou 1.748 óbitos.