Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GARANTIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Nova máquina tornará Mato Grosso do Sul autossuficiente para testagem da Covid-19

Assessor especial do Ministério da Saúde esteve em Campo Grande e também garantiu respiradores
01/08/2020 17:06 - Glaucea Vaccari


O assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Cascavel, esteve em Campo Grande neste sábado (1º) e se comprometeu a encaminhar respiradores e nova máquina para testes do coronavírus.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, a máquina deve chegar em 10 dias e permitirá que Mato Grosso do Sul se torne autossuficiente na testagem.

“Não vamos mais ter que fazer essa verdadeira maratona que estamos fazendo, levando [amostras] para o Rio de Janeiro na segunda e na quinta-feira com avião do governo, o governo está cedendo seu avião para que nós tenhamos a cumplicidade de dar o resultado até três dias para que municípios possam fazer monitoramento dos casos positivos e o rastreamento de seus contatos”, disso o secretário.

A nova máquina permitirá que as amostras sejam testadas no Laboratório Central (Lacen). 

Expectativa é evitar os chamados testes represados, quando ficam muitas amostras para análise e os resultados demoram para sair e constar no boletim.

Além disso, o assessor especial também garantiu, segundo o prefeito Marcos Trad (PSD), a entrega de 40 novos respiradores, que devem chegar em uma semana.

Os respiradores serão usados para equipar novos leitos para pacientes com Covid-19.

Na reunião, Cascavel também ouviu demais demandas do Estado e município para o enfrentamento do coronavírus, que serão levadas ao Ministério da Saúde.

 
 

Boletim

Mato Grosso do Sul confirmou 803 novos casos e 13 mortes por covid-19 em 24 horas, conforme boletim epidemiológico divulgado hoje. 

O Estado soma 25.736 casos confirmados desde o início da pandemia. Todos os 79 municípios já registraram casos. 

Quanto as mortes, são 389 no total, com taxa de letalidade de 1,5%.

 

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.